sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Liturgia do Dia - sua Profecia diária


Sexta-feira, dia 02 de Dezembro de 2016

Sexta-feira da 1a semana do Advento

Santa Bibiana, virgem, mártir, +363, S. Cromacio de Aquileia, bispo, +409

Comentário do dia
Simeão: «Então Jesus tocou-lhes nos olhos»

Is. 29,17-24.

Assim fala o Senhor Deus: Daqui a muito pouco tempo, não há-de o Líbano transformar-se num jardim e o jardim parecer uma floresta?
Nesse dia, os surdos ouvirão ler as palavras do livro; libertos da escuridão e das trevas, os olhos dos cegos tornarão a ver.
Os humildes alegrar-se-ão cada vez mais no Senhor e os mais pobres dos homens rejubilarão no Santo de Israel.
O tirano deixará de existir, o escarnecedor desaparecerá e serão exterminados os que só pensam no mal:
aqueles que fazem condenar os outros pelas suas palavras, os que armam ciladas no tribunal a quem promove a justiça e sem razão arruínam o justo.
Por isso, o Senhor, que libertou Abraão, assim fala à casa de Jacob: 'Doravante Jacob não terá de que se envergonhar, o seu rosto não voltará a empalidecer,
porque, ao verem no meio dele os seus filhos, obras das minhas mãos, proclamarão santo o meu nome'. Proclamarão a santidade do Santo de Jacob e temerão o Deus de Israel.
Os espíritos desnorteados aprenderão a sabedoria e os murmuradores hão de aceitar a instrução».


Salmos 27(26),1.4.13-14.

O Senhor é minha luz e salvação:
a quem hei de temer?
O Senhor é protetor da minha vida:
de quem hei de ter medo?

Uma coisa peço ao Senhor, por ela anseio:
habitar na casa do Senhor todos os dias da minha vida,
para gozar da suavidade do Senhor
e visitar o seu santuário.

Espero vir a contemplar a bondade do Senhor
na terra dos vivos.
Confia no Senhor, sê forte.
Tem coragem e confia no Senhor.




Mateus 9,27-31.

Naquele tempo, Jesus pôs-Se a caminho e seguiram-n'O dois cegos, gritando: «Filho de David, tem piedade de nós».
Ao chegar a casa, os cegos aproximaram-se d'Ele. Jesus perguntou-lhes: «Acreditais que posso fazer o que pedis?» Eles responderam: «Acreditamos, Senhor».
Então Jesus tocou-lhes nos olhos e disse: «Seja feito segundo a vossa fé».
E abriram-se os seus olhos. Jesus advertiu-os, dizendo: «Tende cuidado, para que ninguém o saiba».
Mas eles, quando saíram, divulgaram a fama de Jesus por toda aquela terra.



Tradução litúrgica da Bíblia



Comentário do dia:

Simeão, o Novo Teólogo (c. 949-1022), monge grego
Hino 27, 116-124.128-132.138-149

«Então Jesus tocou-lhes nos olhos»

Procuremos o único que nos pode dar a liberdade; persigamo-lo sem cessar com o nosso desejo, a ele, cuja beleza fere os corações, que os atrai pelo amor e os une a si para sempre. Sim, pelas nossas acções corramos todos para ele. Não nos deixemos ultrapassar por ninguém, nem enganar-nos ou distrair-nos na nossa procura pelo que quer que seja.

Sobretudo..., não digamos que Deus nunca manifesta a sua presença aos homens. Não digamos que é impossível aos homens verem um dia a luz de Deus - e até de a verem hoje. Nunca, graças a Deus, isso foi impossível, desde que o desejemos. Compreendamos a beleza do nosso Mestre! Não lhe fechemos os olhos do nosso coração deixando-nos absorver pelas realidades deste mundo. Sim, que o cuidado com as coisas da terra não nos torne escravos da glória humana, a ponto de nos fazer abandonar aquele que é a luz da vida eterna.

Vamos, pois, todos juntos até ele, com um mesmo coração, com um mesmo espírito, com toda a nossa alma. Humildemente, lancemos o nosso grito até ele, nosso bom Mestre, nosso Senhor misericordioso, até ele que é o "único amigo dos homens" (Sb 1,6). Procuremo-lo porque ele vai revelar-se a nós, vai aparecer, vai manifestar-se, ele que é a nossa esperança.







Textos Retirados de: Evangelho Quotidiano. org