segunda-feira, 13 de março de 2017

Liturgia do Dia - sua Profecia diária


Segunda-feira, dia 13 de Março de 2017

Segunda-feira da 2ª semana da Quaresma

S. Salomão, mártir, +857, S. Rodrigo, mártir, +857, Santa Eufrásia, virgem, +412, Santa Serafina, virgem, +1253

Comentário do dia
Youssef Bousnaya : «Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso».

Dan. 9,4b-10.

Senhor, Deus grande e terrível, que sois fiel à aliança e à misericórdia para com os que Vos amam e observam os vossos mandamentos!
Nós pecámos, cometemos injustiças e iniquidades, fomos rebeldes, afastando-nos dos vossos mandamentos e preceitos.
Não escutámos os profetas, vossos servos, que em vosso nome falavam aos nossos reis, aos nossos chefes e antepassados e a todo o povo da nação.
Em Vós, Senhor, está a justiça; em nós recai a vergonha que sentimos no rosto, como sucede neste dia aos homens de Judá, aos habitantes de Jerusalém e a todo o Israel, aos que estão perto e aos que estão longe, em todos os países para onde os dispersastes por causa das infidelidades que contra Vós cometeram.
Sobre nós, Senhor, recai a vergonha que sentimos no rosto, sobre os nossos reis, chefes e antepassados, porque pecámos contra Vós.
No Senhor, nosso Deus, está a misericórdia e o perdão, porque nos revoltámos contra Ele
e não escutámos a voz do Senhor, nosso Deus, seguindo as leis que nos dava por meio dos profetas, seu servos.


Salmos 79(78),8.9.11.13.

Não recordeis, Senhor, contra nós
as culpas dos nossos pais.
Corra ao nosso encontro a vossa misericórdia,
porque somos tão miseráveis.

Ajudai-nos, ó Deus, nosso salvador,
para glória do vosso nome.
Salvai-nos e perdoai os nossos pecados,
para glória do vosso nome.

Chegue à vossa presença, Senhor,
o gemido dos cativos;
pela omnipotência do vosso braço,
libertai os condenados à morte.

E nós, vosso povo,
ovelhas do vosso rebanho,
louvar-Vos-emos para sempre
e de geração em geração cantaremos a vossa glória.




Lucas 6,36-38.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Sede misericordiosos, como o vosso Pai é misericordioso.
Não julgueis e não sereis julgados. Não condeneis e não sereis condenados. Perdoai e sereis perdoados.
Dai e dar-se-vos-á: deitar-vos-ão no regaço uma boa medida, calcada, sacudida, a transbordar. A medida que usardes com os outros será usada também convosco».



Tradução litúrgica da Bíblia



Comentário do dia:

Youssef Bousnaya (c. 869-979), monge sírio
Vida e doutrina de Rabban Youssef Bousnaya, por Jean Bar Kaldoum

«Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso».

A misericórdia é a imagem de Deus, e o homem misericordioso é, em verdade, um Deus que habita na Terra. Tal como Deus é misericordioso para com todos, sem fazer distinções, também o homem misericordioso distribui os seus dons por todos de igual forma.

Meu filho, sê misericordioso e distribui os teus dons por todos, para que possas elevar-te ao grau da divindade […]. Não te deixes seduzir por este pensamento que poderás achar atraente: mais vale ser misericordioso para com o que tem fé que para com quem nos é estranho. Não é essa a misericórdia perfeita que imita o Deus que distribui os seus dons por todos, sem inveja, «que igualmente faz o Sol levantar-se sobre os bons e os maus e a chuva cair sobre os justos e os pecadores» (Mt 5,45). […]

«Deus é amor» (1Jo 4,8); a sua essência é amor, e o seu amor é a sua própria essência. Por esse amor, o nosso Criador foi levado a produzir a nossa criação. O homem que possui a caridade é verdadeiramente Deus no meio dos homens.







Textos Retirados de: Evangelho Quotidiano. org