quarta-feira, 25 de abril de 2018

Liturgia do Dia - sua Profecia diária


Quarta-feira, dia 25 de Abril de 2018

S. Marcos Evangelista, festa

S. Marcos, evangelista, Santa Maria Eufrásia Pelletier, virgem, fundadora, +1868

Comentário do dia
Santo Ireneu de Lyon : «Pregai o Evangelho a toda a criatura»

1 Pedro 5,5b-14.

Revesti-vos de humildade, uns para com os outros, porque «Deus resiste aos soberbos e dá a graça aos humildes».

Humilhai-vos sob a poderosa mão de Deus, para que Ele vos exalte no tempo oportuno.

Confiai-Lhe todas as vossas preocupações, porque Ele vela por vós.

Sede sóbrios e vigiai. O vosso inimigo, o diabo, anda à vossa volta, como leão que ruge, procurando a quem devorar.

Resisti-lhe, firmes na fé, sabendo que os vossos irmãos espalhados pelo mundo suportam os mesmos sofrimentos.

O Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua eterna glória em Cristo, depois de terdes sofrido um pouco, vos restabelecerá, vos aperfeiçoará, vos fortificará e vos tornará inabaláveis.

A Ele o poder e a glória pelos séculos dos séculos. Ámen.

Foi por meio de Silvano, a quem considero irmão de confiança, que vos escrevi estas breves palavras, para vos exortar e assegurar que é esta a verdadeira graça de Deus. Permanecei firmes nela.

Saúda-vos a comunidade estabelecida em Babilónia, eleita como vós, e também Marcos, meu filho.

Saudai-vos uns aos outros com o ósculo da caridade. Paz a todos os que estais em Cristo.



Salmos 89(88),2-3.6-7.16-17.

Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor
e para sempre proclamarei a sua fidelidade.
Vós dissestes:
«A bondade está estabelecida para sempre»,

no céu permanece firme a vossa fidelidade.
Senhor, os céus proclamam as vossas maravilhas
e a assembleia dos santos a vossa fidelidade.
Quem sobre as nuvens se pode comparar ao Senhor?

Quem entre os filhos de Deus será igual ao Senhor?
Feliz do povo que sabe aclamar-Vos
e caminha, Senhor, à luz do vosso rosto.
Todos os dias aclama o vosso nome

e se gloria com a vossa justiça.



Marcos 16,15-20.

Naquele tempo, Jesus apareceu aos Onze e disse-lhes: «Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda a criatura.
Quem acreditar e for batizado será salvo; mas quem não acreditar será condenado.
Eis os milagres que acompanharão os que acreditarem: expulsarão os demónios em meu nome; falarão novas línguas;
se pegarem em serpentes ou beberem veneno, não sofrerão nenhum mal; e quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados».
E assim o Senhor Jesus, depois de ter falado com eles, foi elevado ao Céu e sentou-Se à direita de Deus.
Eles partiram a pregar por toda a parte, e o Senhor cooperava com eles, confirmando a sua palavra com os milagres que a acompanhavam.



Tradução litúrgica da Bíblia



Comentário do dia:

Santo Ireneu de Lyon (c. 130-c. 208), bispo, teólogo, mártir
«Contra as Heresias», III 1,1

«Pregai o Evangelho a toda a criatura»

Quando Nosso Senhor ressuscitou dos mortos e os apóstolos foram revestido com a força do alto pela vinda do Espírito Santo (Lc 24,49), ficaram cheios de certezas sobre tudo e receberam o conhecimento perfeito. Foram então até aos confins da Terra (Sl 18,5) proclamar a Boa Nova que nos vem de Deus e anunciar aos homens a paz do Céu, eles que possuíam o Evangelho de Deus.

Assim, Mateus, no meio dos hebreus e na sua própria língua, publicou uma forma escrita do Evangelho, enquanto Pedro e Paulo evangelizavam Roma e aí fundavam a Igreja. Após a morte destes dois apóstolos, Marcos, discípulo de Pedro e seu intérprete (1Pe 5,19), transmitiu-nos por escrito a pregação de Pedro. Por seu lado, Lucas, companheiro de Paulo, consignou num livro o Evangelho pregado por este. Por fim, João, o discípulo do Senhor, o mesmo que tinha repousado sobre o seu peito, também publicou um Evangelho durante a sua estadia em Éfeso. [...]

Marcos, intérprete e companheiro de Pedro, declarou o seguinte no início da sua redação do Evangelho: «Início do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus. Tal com está escrito nos profetas, "eis que envio o meu mensageiro diante de ti para preparar o teu caminho"». [...] Como se vê, Marcos faz das palavras dos santos profetas o início do Evangelho, e põe logo a abrir, como Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, Aquele que os profetas proclamaram como Deus e Senhor. [...] No fim do Evangelho, Marcos diz: «E o Senhor Jesus, depois de lhes ter falado, foi levado aos Céus e sentou-Se à direita de Deus». É a confirmação da palavra do profeta: «Oráculo do Senhor ao meu senhor: Senta-Te à minha direita e eu farei dos teus inimigos escabelo para os teus pés» (Sl 109,1).







Passo diário | 25.abril

newsletter diária passo-a-rezar
Se não consegue visualizar a newsletter clique aqui

25 de abril de 2018

Mc 16, 15-20

Jesus apareceu aos onze Apóstolos e disse-lhes:
«Ide por todo o mundo
e pregai o Evangelho a toda a criatura.
Quem acreditar e for batizado será salvo;
mas quem não acreditar será condenado.
Eis os milagres que acompanharão os que acreditarem:
expulsarão os demónios em meu nome;
falarão novas línguas;
se pegarem em serpentes ou beberem veneno,
não sofrerão nenhum mal;
e quando impuserem as mãos sobre os doentes,
eles ficarão curados».
E assim o Senhor Jesus, depois de ter falado com eles,
foi elevado ao Céu e sentou-Se à direita de Deus.
Eles partiram a pregar por toda a parte
e o Senhor cooperava com eles,
confirmando a sua palavra
com os milagres que a acompanhavam. 
Descarrega a nossa aplicação
Segue-nos nas redes sociais
Copyright © 2018 Apostolado da Oração, All rights reserved.
Subscreveu a newsletter do Passo-a-Rezar. Obrigada!

Our mailing address is:
Apostolado da Oração
Rua de S. Barnabé, 32
Braga 4710-309
Portugal

Add us to your address book


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list

terça-feira, 24 de abril de 2018

Liturgia do Dia - sua Profecia diária


Terça-feira, dia 24 de Abril de 2018

Terça-feira da 4ª semana da Páscoa

S. Fidélis (Fiel) de Sigmaringa, mártir, +1622

Comentário do dia
Santo Aelredo de Rievaulx : «As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me.»

Actos 11,19-26.

Naqueles dias, os irmãos que se tinham dispersado, devido à perseguição desencadeada pelo caso de Estêvão, caminharam até à Fenícia, Chipre e Antioquia. Mas anunciavam a palavra apenas aos judeus.

Houve, contudo, entre eles alguns homens de Chipre e de Cirene que, ao chegarem a Antioquia, começaram a falar também aos gregos, anunciando-lhes o Senhor Jesus.

A mão do Senhor estava com eles e foi grande o número dos que abraçaram a fé e se converteram ao Senhor.

A notícia chegou aos ouvidos da Igreja de Jerusalém e mandaram Barnabé a Antioquia.

Quando este chegou e viu a ação da graça de Deus, encheu-se de alegria e exortou a todos a que se conservassem fiéis ao Senhor, de coração sincero;

era realmente um homem bom e cheio do Espírito Santo e de fé. Assim, uma grande multidão aderiu ao Senhor.

Então Barnabé foi a Tarso procurar Saulo

e, tendo-o encontrado, trouxe-o para Antioquia. Passaram juntos nesta Igreja um ano inteiro e ensinaram muita gente. Foi em Antioquia que, pela primeira vez, se deu aos discípulos o nome de «cristãos».



Salmos 87(86),1-3.4-5.6-7.

O Senhor ama a cidade,
por Ele fundada sobre os montes santos;


ama as portas de Sião
mais que todas as moradas de Jacob.


Grandes coisas se dizem de ti, ó cidade de Deus.

Contarei o Egito e a Babilónia

entre os meus adoradores;
a Filisteia, Tiro e a Etiópia, uns e outros ali nasceram.


E dir-se-á em Sião: «Todos lá nasceram,
o próprio Altíssimo a consolidou».


O Senhor escreverá no registo dos povos:
«Este nasceu em Sião».


E irão dançando e cantando:
«Todas as minhas fontes estão em ti».





João 10,22-30.

Naquele tempo, celebrava-se em Jerusalém a festa da Dedicação do Templo. Era inverno

e Jesus passeava no templo, sob o Pórtico de Salomão.

Então os judeus rodearam-n'O e disseram: «Até quando nos vais trazer em suspenso? Se és o Messias, diz-nos claramente».

Jesus respondeu-lhes: «Já vo-lo disse, mas não acreditais. As obras que Eu faço em nome de meu Pai dão testemunho de Mim.

Mas vós não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas.

As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me.

Eu dou-lhes a vida eterna e nunca hão-de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.

Meu Pai, que Mas deu, é maior do que todos, e ninguém pode arrebatar nada da mão do Pai.

Eu e o Pai somos um só».




Tradução litúrgica da Bíblia



Comentário do dia:

Santo Aelredo de Rievaulx (1110-1167), monge cisterciense
Oração pastoral

«As minhas ovelhas escutam a minha voz: Eu conheço as minhas ovelhas e elas seguem-Me.»

Ó Jesus, ó Bom Pastor, pastor que és verdadeiramente bom, pastor cheio de clemência e de ternura, a Ti clama um miserável e pobre pastor - sim, bem fraco, bem incapaz, bem inútil e, contudo, realmente pastor das tuas ovelhas. A Ti, ó Bom Pastor, clama este pobre pastor que está longe de ser bom; a Ti clama, preocupado consigo próprio, preocupado com as tuas ovelhas. Senhor, Tu conheces o meu coração: sabes que ele só tem um desejo, o de entregar tudo o que lhe deste às tuas ovelhas, gastá-lo totalmente para seu bem. Mais, quereria entregar-me a mim próprio por elas. Que assim seja, ó meu Senhor, que assim seja! [...]

Ensina-me apenas, peço-To, pelo teu Espírito Santo, ensina o teu servo como deve gastar-se por elas. Concede-me, Senhor, pela tua graça inefável, suportar com paciência as suas enfermidades, compadecer-me com ternura, procurar para elas remédios eficazes. Que eu aprenda, sob a inspiração do teu Espírito, a consolar os aflitos, a devolver a coragem àqueles que a perderam, a erguer os que caem, a sentir-me fraco com os fracos [...], a fazer-me tudo para todos para salvar a todos. Põe sempre nos meus lábios a palavra verdadeira, a palavra reta, a palavra justa, a fim de que todos cresçam na fé, na esperança e no amor, em castidade e em humildade, em paciência e em obediência, em fervor de espírito e em pureza de coração. Uma vez que lhes deste este guia cego, este mestre ignorante, este chefe incapaz, concede, Senhor, a este mestre ciência, luz e competência.







Textos Retirados de: Evangelho Quotidiano. org